O que é BIOS e como é o seu funcionamento?

O que é BIOS? O BIOS (Basic Input/Output System) contém todo o software básico, necessário para inicializar a placa-mãe, verificar os dispositivos instalados e carregar o sistema operacional. O BIOS inclui também o Setup, o software que permite configurar as diversas opções disponíveis na placa. O processador é programado para procurar e executar o BIOS sempre que o computador é ligado, processando-o da mesma forma que outro software qualquer. É por isso que a placa-mãe não funciona sozinha, pois é preciso ter instalado o processador e a memória para conseguir acessar o Setup.

o que é BIOS

Imagem de um BIOS

Por definição, o BIOS é um software, que fica gravado em um chip cravado na placa-mãe. Na grande maioria dos casos, o chip combina uma pequena quantidade de memória Flash (256, 512 ou 1024 KB).

Agora que já sabe o que é BIOS, veja como funciona?

Quando o computador é ligado, o BIOS opera na seguinte sequência:

  1. Verifica as informações armazenadas em uma minúscula memória RAM, que se localiza em um chip fabricado com tecnologia CMOS. A memória CMOS armazena informações relativas a configuração de hardware, que podem ser alteradas de acordo as mudanças do sistema. Essas informações são usadas pelo BIOS modificar ou complementar sua programação padrão, conforme necessário.
  1. POST (Power-On Self-Test ou Autoteste de Partida), que são os diagnósticos e testes realizados nos componentes físicos (Disco rígido, processador, etc). Os problemas são comunicados ao usuário por uma combinação de sons (bipes) numa determinada seqüência e se possível, exibidos na tela. O manual do fabricante permite a identificação do problema descrevendo a mensagem que cada seqüência de sons representa.
  2. Ativação de outros BIOS possivelmente presentes em dispositivos instalados no computador (ex. discos SCSI e placas de video).
  3. Descompactação para a memória principal. Os dados, armazenados numa forma compactada, são transferidos para a memória, e só aí descompactados. Isso é feito para evitar a perda de tempo na transferência dos dados.
  4. Leitura dos dispositivos de armazenamento, cujos detalhes e ordem de inicialização são armazenados na CMOS. Se há um sistema operacional instalado no dispositivo, em seu primeiro sector (o Master Boot Record) estão as informações necessárias para o BIOS encontrá-la (este sector não deve exceder 512 bytes).

Como em todo o software é frequente haver bugs e o BIOS não é excepção. Os fabricantes disponibilizam de tempos em tempos versões atualizadas, corrigindo problemas, adicionando compatibilidade com novos processadores e outros componentes, por vezes, adicionando novas opções de configuração no Setup. É bastante normal que você precise atualizar o BIOS da placa-mãe para que ela funcione em conjunto com novos processadores, de fabricação mais recente que a placa-mãe.

Bibliografia:

Wikipédia

Facebook
Google+
http://faqinformatica.com/o-que-e-bios/
LinkedIn
Follow by Email
RSS

Deixe um Comentário