Que tipos de Spam existem?

Com o aparecimento do primeiro Spam, em 1994, a prática de enviar e-mails não solicitados tem sido aplicada com vários objectivos distintos. Neste artigo vamos conhecer os principais tipos de Spam que existem:

tipos de spam

1. Boatos (hoaxes) – O termo hoax está associado a histórias falsas, escritas com o intuito de alarmar ou iludir aqueles que a lêem e instigar sua divulgação o mais rapidamente e para o maior número de pessoas possível. Geralmente são sobre pessoas que necessitam urgentemente de algum tipo de ajuda, alertas a algum tipo de ameaça ou perigo, difamação de marcas e empresas ou ofertas falsas de produtos gratuitos. Aquelas que relatam histórias cujos personagens, época ou localização são desconhecidos são histórias conhecidas como “lendas urbanas”.

2. Correntes (chain letters) – Mensagens desta categoria prometem sorte, riqueza ou algum outro tipo de benefício àqueles que a repassarem para um número mínimo de pessoas em um tempo pré-determinado; garantindo, por outro lado, que aqueles que interromperem a corrente, deixando de divulgar a mensagem, sofrerão muitos infortúnios. Com esse mecanismo, elas têm a capacidade de atingir um número exponencial de pessoas em um curto período de tempo.

3. Propagandas –  Este tipo de Spam é um dos mais comuns e um dos mais antigos já registrados. Embora existam mensagens comerciais legítimas, enviadas por empresas licenciadas e conhecidas, nota-se que não é raro que o produto ou serviço oferecido pela mensagem tenha alguma característica ilegal e o spammer e a empresa sejam desconhecidos do público ou completamente anônimos. Entre outros, um Spam publicitário costuma apresentar medicamentos sem prescrição, software pirata ou ilegal, diplomas universitários, oportunidades de enriquecimento rápido, cassinos e outros esquemas de apostas, produtos eróticos e páginas pornográficas.

4. Golpes – São sobre oportunidades enganosas e ofertas de produtos que prometem falsos resultados. Entre as ofertas mais comuns estão as oportunidades miraculosas de negócios ou emprego, propostas para trabalhar em casa e empréstimos facilitados.

5. Estelionato (phishing) – São mensagens que assumem o disfarce de Spam comercial ou cujos títulos simulam mensagens comuns, como comunicados transmitidos dentro de uma organização ou mensagens pessoais oriundas de pessoas conhecidas. Tal disfarce tem como objectivo iludir o destinatário, solicitando-lhe que envie dados confidenciais (preenchendo um formulário, por exemplo) para algum endereço electrônico ou que se registe em uma página da Internet que na verdade é uma cópia de alguma outra página. Na maioria dos casos, essas armadilhas são criadas para obter informações pessoais e senhas para que possam ser usadas em algum tipo de fraude ou para transferências bancárias e compras pela Internet.

6. Programas maliciosos – De forma semelhante ao Spam de estelionato, este tipo apresenta-se sob disfarce e induz o destinatário a executar um programa de computador malicioso enviado junto à mensagem (induz ao erro). Dentre os programas usualmente enviados desta forma estão principalmente os vírus, os worms e os trojans.

7. Ofensivos – Divulgam conteúdo agressivo e violento, como por exemplo acusações infundadas contra indivíduos específicos, defesa de ideologias extremistas, apologia à violência contra minorias, racismo, xenofobia e abuso sexual de menores.

Bibliografia:

Wikipédia

Facebook
Google+
http://faqinformatica.com/que-tipos-de-spam-existem/
LinkedIn
Follow by Email
RSS

Deixe um Comentário