Comando TOP, que informações exibe e como pode ser usado?

Existem inúmeros comandos para Linux e o comando TOP é um dos que um administrador de sistemas mais valoriza, este comando exibe um conjunto de estatísticas acerca do estado geral do sistema, como por exemplo: utilização do CPU, processo em execução no sistema, utilização da memória RAM e da memória virtual (swap), os utilizadores autenticados no sistema, número de tarefas, etc.

comando top

Comando TOP

Conheça em detalhe as informações que o comando TOP exibe:

top  –  10:45:37  up 5 min,   1 user,   load average: 0.00, 0.05, 0.05

Na primeira linha podemos encontrar o tempo actual; o tempo em que o sistema está a funcionar; número de utilizadores autenticados e a média de carga.

Tasks: 131 total,   1 running,   130 sleeping,   0 stopped,   0 zombie

A segunda linha mostra-nos o número total de processos. Estes processos podem estar em modo “running” (executando), em modo “sleeping (dormindo), em modo “stopped” (parado) ou em modo zombie.

Cpu(s):   0.0 us,   0.1 sy,   0.0 ni,   99.8 id,   0.1 wa,   0.0 hi,   0.0 si,   0.0 st

Na linha seguinte é apresentado o estado do CPU onde são mostrados diferentes tempos:

us – tempo do CPU na execução dos processos do utilizador;
sy – tempo do CPU na execução do processo do kernel;
id – tempo do CPU inactivo;
wa – tempo do CPU à espera o fim da operação de entrada/saída do disco;
hi – tempo do CPU servindo interrupções de hardware
Si – tempo do CPU servindo interrupções de software

KiB Mem :   1883940 total,   182184 used,   1491056 free,   210700 buff/cache
KiB Swap:    2097148 total,              0 used,   2097148 free,   1556152 avail Mem

Aqui a primeira linha é refente à memória física e a segunda é referente à memória virtual. É apresentado para a memória física, a memória total disponível, a memória usada, a memória livre e a memória usada para buffers e cache. Para a memória virtual é apresentado a memória total, a usada, a livre e memória disponível.

  PID USER PR NI     VIRT    RES    SHR   S  %CPU  %MEM     TIME+   COMMAND
2549    root   20  0  146132   2024    1424  S       0.7          0.1   0:00.98    top

Aqui são apresentados os processo em colunas onde são exibidas diferentes propriedades:

PID – Identificador do processo (identificador único);
USER – utilizador proprietário do processo;
PR – Prioridade do agendamento do processo. Para o valor “RT”, significa que o processo está a ser escutado em tempo real;
NI – Quanto mais baixo maior a prioridade;
VIRT – Quantidade de memória virtual usada pelo processo;
RES – Tamanho da memória física usada;
SHR – memória partilhada que é usada pelo processo;
S – significa estado, poderá ter os seguintes valores: “D” para ininterrupto; “R” para a executar; “S” para dormindo; “T” para parado e “Z” para zombie;
%CPU – percentagem de tempo de CPU que a tarefa tem usado desde a última atualização;
%MEM – percentagem de memória física disponível usada pelo processo;
TIME+ – tempo total de CPU que a tarefa tem usado desde o início;

Conheça algumas opções que pode usar no comando TOP:

-b – executa em modo de lote (batch). É útil para enviar a saída de top para outros programas ou para um arquivo;
-d atraso – atualiza a tela de segundos em segundos dependendo do que definir. O padrão é a cada 5 segundos;
-i – mostra apenas os processos em execução:
-n num – exibe um número de iterações e depois termina, em vez de rodar indefinidamente.
-q – executa sem nenhum atraso;
-s – executa em modo seguro;
h – mostra um tela de ajuda;
k – termina um processo, onde é pedido o PID do processo;
n – altera o numero do processo que são exibidos;
q – sai do programa;
r – altera prioridade de um processo;
s – altera o atraso, em segundos, entre as atualizações.

Facebook
Google+
https://faqinformatica.com/comando-top/
LinkedIn
Follow by Email
RSS

Escreva um Comentário